Após não conseguir cumprir agenda, Gabriel Diniz fará show nesta segunda em dia extra do Bode na Rua em Gurjão/PB

A Prefeitura de Gurjão divulgou por meio de nota que o show de Gabriel Diniz que ocorreria nesta domingo será realizado nesta segunda-feira (28) a partir das 20 horas. Com o show, o evento Bode na Rua, um dos maiores do Nordeste, ganhará mais um dia e o público de todo o Cariri é aguardado.
 
O prefeito Ronaldo Queiroz, que cuidou pessoalmente de todos os detalhes desta que foi uma das maiores edições do evento, destacou que todas as obrigações contratuais por parte do poder público municipal foram devidamente cumpridas, tendo o pagamento referente à apresentação da atração musical realizado com antecedência, como fora feito com as demais bandas.
 
O gestor confirmou que toda a estrutura do Bode na Rua permanece para a realização deste dia extra do evento e disse que cabe apenas ao cantor Gabriel Diniz explicar para seus fãs o que ocorreu para o não comparecimento dele no evento. "Fizemos uma das maiores edições do Bode na Rua e contratamos o GD a pedido do público em consultas prévias realizadas pela Prefeitura de Gurjão. O não comparecimento do cantor é de responsabilidade exclusiva dele e de sua produtora e cabe a eles oferecer ao público de toda a Paraíba suas explicações", pontuou o gestor.
 
De Olho no Cariri

NESTA SEGUNDA: radialista Ferraz Júnior morre vítima de infarto em João Pessoa

Morreu aos 59 anos o radialista Ferraz Júnior, o mesmo teve um infarto fulminante em João Pessoa e não resistiu. Ferraz ficou conhecido por fazer Programas Jornalísticos a qual abordava a política na região do Cariri.  
 
Ferraz apresentou por vários anos programa nas rádios do Cariri, a exemplo da IND FM, Serra Branca FM e Cidade de Sumé, aonde discutia assuntos polêmicos da política do município.
 
DE OLHO NO CARIRI
Com Jacqueline Oliveira

Serraria/PB: homem é assassinado pelo próprio irmão durante confusão em bebedeira; atrito teria sido motivado por conta de um cachorro

Uma discussão entre dois irmãos acabou em assassinato no Sítio Alagoinha, zona rural da cidade de Serraria/PB. O crime, segundo a polícia, aconteceu na tarde desta segunda-feira (27).
Três irmãos estavam bebendo e dois se desentenderam, um sacou uma faca para matar o outro, que se defendeu atirando com um revolver. 
Um cachorro seria o motivo da discussão.
A localidade do ocorrido é de difícil acesso e não pega sinal de telefonia móvel. 
O acusado ainda não foi preso. Diversas guarnições da Polícia Militar estão no local.

Com Portal Mídia

Em Remígio/PB: soldado da PM é acusado de atirar na cabeça de uma mulher por causa de som alto

Uma discussão entre um policial supostamente armado e um homem teria deixado uma mulher ferida com um tiro na cabeça nesse sábado (26), em Remígio, a 157 km de João Pessoa.

A vítima seria companheira do homem. Ele disse a polícia que havia saído com a esposa de uma festa e foram a um posto de combustíveis, onde ficaram ouvindo som com volume alto. Um policial que estava no destacamento da PM teria se incomodado com o barulho e pedido que eles se retirassem do local.

Segundo o marido da mulher, eles saíram do posto e quando já estavam distantes, o policial teria tirado. O disparo atingiu a cabeça da mulher.

Ela foi corrida para o Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, mas o estado de saúde dela não foi informado.

O tenente Costa, responsável pelo destacamento da PM em Remígio, disse ao Portal Correio na manhã desta segunda-feira (28), que o policial suspeito não foi detido, mas que o caso está sendo acompanhado e que as providências estão sendo tomadas. Ele não deu detalhes.

AÇÃO RÁPIDA: Polícia Civil identifica homem que matou trabalhador carbonizado em Campina Grande/PB; corpo esta sendo devorado por cachorros quando foi encontrado por peritos


O delegado Francisco de Assis Silva, da Divisão de Homicídios, em Campina Grande, já identificou o homem acusado de matar o trabalhador Ademar da Silva, 55 anos, no sítio “Gravatazinho”, entre Campina Grande e Pocinhos.

Trata-se de José Damião da Silva, que está sendo procurado.

O crime aconteceu na noite de 21 de julho, mas o corpo carbonizado foi encontrado na manhã seguinte (dia 22) às 07h00 pelo irmão da vítima.

Ademar foi morto com um golpe de facão na cabeça, no braço e teve o corpo carbonizado.

O CRIME

Segundo o delegado, José Damião chegou à pedreira, onde Ademar trabalhava, procurando um homem para “acertar as contas”.

“A própria vítima perguntou se era com ela aquela ameaça. O acusado disse que não”.

Depois, continua o policial, Ademar e Damião foram tomar cachaça juntos.

“No barraco onde eles beberam aconteceu o crime. O acusado aproveitou que a vítima dormiu e aplicou golpes de facão na cabeça, no braço e depois ateou fogo no corpo”.

O delegado contou também que os cães que Ademar criava estavam se alimentando de uma das pernas queimadas do morto.

Os motivos do crime ainda não foram totalmente esclarecidos, mas José Damião da Silva já é procurado pela morte de Severino do Ramo Pereira Costa.

O homicídio aconteceu em Bodocongó, no ano passado.

Moradora de rua é estuprada várias vezes em Esperança/PB; nenhum suspeito foi preso

Uma morada de rua de 36 anos foi internada no Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (Isea) de Campina Grande, no Agreste do estado, após ter sofrido 'múltiplo estupro', conforme informou o relatório do Centro Integrado de Operações da Polícia Militar (Ciop), nesta segunda-feira (28). O caso ocorreu nesse domingo (27) na cidade de Esperança, no Agreste. A vítima já recebeu alta médica.
De acordo com o tenente Florestan Ferreira, comandante da 2ª Companhia do 10º Batalhão, a mulher chegou na unidade do Samu de Esperança com sintomas de embriaguez e informando que teria sido abusada sexualmente.
“O médico do Samu entrou em contato com a companhia e uma guarnição foi até a base do Samu. A mulher não soube precisar quem teria a estuprado devido o alto índice de embriaguez dela, que é moradora de rua”, disse o PM.
Ainda segundo o tenente, a mulher foi levada para Campina Grande para exames mais complexos. “O médico achou necessário levá-la para Campina Grande devido os sinais de violência sexual e porque teria um atendimento especializado”, falou.
A assessoria de imprensa do Isea confirmou o abuso sexual e informou que a vítima recebeu todo atendimento especializado, com a ingestão de medicamentos, e foi submetida a exames de DST/Aids. A mulher, que recebeu alta no domingo (27), deverá retornar ao hospital em três meses para exames profiláticos. A Polícia Militar fez rondas na cidade, mas ninguém foi preso.

Mulher é presa ao tentar entrar em presídio de João Pessoa/PB com celular escondido em bolacha

Agentes penitenciários apreenderam na tarde deste domingo (27), um aparelho celular com fones de ouvido dentro de um pacote de bolachas. A apreensão aconteceu durante revista das pessoas que visitam familiares, que cumprem pena na Penitenciária de Segurança Máxima Geraldo Beltrão, no bairro Mangabeira, em João Pessoa.
Conforme informações do chefe de Segurança e Disciplina da Penitenciária, Charles Mota, a mulher de 21 anos tentava passar com vários alimentos, mas foi interceptada pela revista que os agentes têm determinação para fazê-la em todo tipo de material levados pelos parentes aos apenados.
A visitante era companheira de um apenado condenado por tráfico, assalto e formação de quadrilha. Os agentes desconfiaram dos modos como a dona de casa agia na hora da revista.
Ele contou que a criatividade entre as pessoas que tentam passar com objetos, principalmente celulares, fones e drogas entre outros para os detentos, não tem limite e cada vez, os agentes se surpreendem com a tentativa das pessoas. Segundo o agente, é um local inusitado, mas fácil de ser detectado, que foi o que aconteceu com a tentativa da mulher.
“Graças a ação sempre atuante dos agentes desta unidade, o crime teve mais uma perda, pois é sabido por todos que celular dentro de um presídio equivale a uma arma, pois serve para fazer desde trotes, até mandar matar possíveis desafetos aqui fora”, informou o chefe de Segurança. A mulher foi detida para depor sobre o delito à polícia.

NESTE FIM DE SEMANA: 6 pessoas morrem em acidentes nas estradas da Paraíba; três eram campeões de poker e voltavam de torneio em Campina

Seis pessoas morreram em acidentes em diferentes pontos da Paraíba entre o sábado e esta segunda-feira (28). Três deles eram campeões de poker e participavam de um torneio em Campina Grande. Em um dos casos, um bebê de três meses não resistiu aos ferimentos e morreu nesta segunda-feira (28). Os números foram divulgados pela Polícia Rodoviária Federal.

Na manhã desta segunda-feira (28), no trecho da BR-230 entre os municípios de Juazeirinho e Soledade, no Agreste do estado, um jovem morreu durante uma colisão. Outra pessoa que o acompanhava teve apenas ferimentos leves e foi socorrida para ao Hospital de Emergência e trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes em Campina Grande.

Nesse domingo (27), no trecho da Br-230 que passa pelo distrito de São José da Mata, em Campina, outra pessoa morreu em uma colisão. O motorista seguia no sentido Sertão/Campina e teria invadido a pista contrária, batendo de frente com um caminhão. A vítima de 31 anos morreu no local. O caminhoneiro não sofreu ferimentos, permaneceu no local para prestar esclarecimentos.

Mais casos

Três jovens paraibanos, campeões de Poker, morreram em um acidente na BR-230 na tarde desse sábado (26), entre os municípios de Campina Grande e Soledade depois do Distrito de São José da Mata. Um que tinha 26 anos e outro de 31 morreram na hora. Outro rapaz que estava internado no Hospital de Trauma em Campina não resistiu aos ferimentos e também morreu nesse domingo (28).

Os três rapazes estavam participando de um torneio de Poker no município de Campina Grande e na tarde desse sábado (26), voltavam para Patos, onde residiam. Um deles, que conduzia o carro, perdeu o controle e bateu de frente com uma caminhonete. Ele e o amigo, de 31 anos, que vinham no banco da frente, morreram na hora.

Eles já haviam participado de vários campeonatos pela região Nordeste e estavam em Campina Grande participando de mais um torneio, em busca da conquista de mais troféus. O torneio duraria até esse domingo (28), mas eles resolveram voltar para casa antes do término da competição.

Bebê morre em hospital 
Cinco pessoas de uma mesma família ficaram gravemente feridas em um acidente ocorrido no município de Itapororoca, localizado no Litoral Norte da Paraíba, na noite desse sábado (26). Entre os feridos estava um bebê de apenas três meses, que morreu na manhã desta segunda-feira (28), após ficar internado no Hospital de Trauma de João Pessoa.
Conforme informações do Samu, um dos veículos estava parado na pista sem acostamento quando outro carro bateu na traseira do que estava estacionado. Com o impacto, os passageiros foram arremessados para fora do carro.
Os envolvidos no acidente foram levados para o Hospital de Trauma e conforme o boletim divulgado no início da manhã desta segunda-feira (28), o bebê acabou não resistindo aos ferimentos.

NA CADEIA: Polícia Civil prende 7 assantantes que agiam nas cidades de Gado Bravo e Aroeiras

A Polícia Civil acabou com a farra de uma associação criminosa que vinha infernizando os moradores de Gado Bravo, Aroeiras e região, no Agreste paraibano.

As prisões dos sete acusados, de uma mesma família, realizadas pela equipe da delegada Maria Sileide de Azevedo, na cidade de Gado Bravo, deu um basta na constante de roubos, furtos e tráfico de drogas.

Foram presos: Erinalva Maria do Nascimento, Essuel Felipe da Silva, Josembergue Cícero Duarte do Nascimento, Josivan dos Santos Araújo, José Josinaldo da Silva e Diego Gregório da Silva.

Todos são de uma família conhecida como “grilos”.

Os acusados estão envolvidos nos arrombamentos em escolas e residências, além de assaltos.

Eles foram presos mediante mandado judicial da comarca de Aroeiras.
 
Com Renato Diniz

Monte Santo: após se envolver com jovem que tinha namorado, rapaz é assassinado a tiros; Polícia Civil prendeu acusados

Carlos Henrique dos Santos, de 18 anos, foi morto com dois tiros de revólver, na Rua Conde D’Eu no bairro Monte Santo em Campina Grande.
O crime aconteceu por volta das 22h30 quando rapaz retornava da casa de uma jovem com quem ele mantinha um relacionamento amoroso há cerca de seis meses.
O acusado de ter planejado o crime foi o namorado da jovem.
No momento do homicídio, Carlos vinha de motocicleta com um primo que conseguiu escapar ileso e conseguiu reconhecer os bandidos.
A Delegacia de Homicídios agiu rápido e prendeu dois adultos e apreendeu um menor.
Tiago Teixeira Thomaz, 20 anos, Luan Fernandes Silva, 18 e seu irmão, um adolescente de 17 anos, foram capturados pelos agentes comandados pelo delegado Francisco de Assis Silva.
Eles confessaram o crime. O menos afirmou que foi ele que efetuou os disparos. Luan, o namorado enciumado, 

Distrito de Galante: segurança é assassinado a tiros após briga com vizinho em Campina Grande/PB

(Em Galante: segurança morto pelas costas)

O segurança João Batista Filho, de 37 anos, saía para o trabalho quando foi surpreendido pelo vizinho José Ronaldo Sousa Silva que desferiu vários tiros pelas costas.
Isso aconteceu às 07h00 em frente a casa da vítima, no bairro Jardim Menezes.
Tudo foi presenciado pela mulher de João Batista.
Vitima e acusado não se falavam por causa de brigas no período junino.
José Ronaldo prometeu matar João Batista na “primeira oportunidade”.
A esposa do morto disse que o marido sabia que poderia ser morto, pois o assassino deixou claro que “não sossegaria” enquanto não matasse João.
De acordo com o delegado Francisco de Assis, “foi uma morte brutal, covarde e banal”.
(José Ronaldo: procurado pela polícia)
 
 

TRE reúne juízes e promotores em Campina Grande/PB para discutir segurança nas Eleições

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, desembargador Saulo Henriques de Sá e Benevides, realiza na próxima terça-feira, 29, em Campina Grande, uma reunião com juízes e promotores de 37 zonas eleitorais para discutir a segurança pública na região durante as Eleições 2014. O encontro terá a presença  do  Secretário de Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima, do superintendente da Polícia Federal, Nivaldo Farias, do inspetor da  Polícia Rodoviária Federal, Pedro Ataíde, e de comandantes dos batalhões da Polícia Militar das respectivas zonas eleitorais.



O encontro acontecerá no auditório da Justiça federal, às 9 horas, e tem como objetivo tratar  de assuntos que vão contribuir para a elaboração do Plano Integrado de Segurança das Eleições 2014 no Estado da Paraíba. Os juízes e promotores devem relatar as experiências de pleitos anteriores para subsidiar as forças de segurança na elaboração do Plano. Eles devem apontar em que municípios há mais conflitos e quais as situações em que precisam da força policial.



O desembargador Saulo Benevides espera que a troca de informações contribua para que as polícias possam fazer um trabalho preventivo. “Já fizemos uma reunião em Patos, que foi muito positiva, vamos fazer essa em Campina Grande e em agosto faremos em João Pessoa. A idéia é unificar o trabalho para que a gente possa ter uma reunião tranqüila em todo o Estado”, afirmou o desembargador Saulo Benevides.

Em Gado Bravo/PB: polícia desarticula quadrilha acusada de roubos e assaltos no Agreste paraibano

Numa ação conjunta das Polícias Civil de Queimadas, Aroeiras e Campina Grande, sete pessoas foram presas na madrugada desta quinta-feira (24), no município de Gado Bravo, no Agreste paraibano, acusadas de integrar uma quadrilha responsável por vários delitos. 

Sob o comando da delegada de Aroeiras, Maria Sileide de Azevedo, a operação, denominada de “Gama”, com o objetivo dar cumprimento a oito mandados de prisão e quatro de busca e apreensão, culminou com a captura de Essuel Felipe da Silva; Josivan Santos de Araújo Nascimento, o “Jô”; Jonis Santos de Araújo, o “Jonas”; Diego Grigório da Silva, Erinalva Maria do Nascimento, Josembergue Cícero Duarte do Nascimento, o “Berguinho”, e José Josinaldo da Silva, o “Grilhinho”, e a apreensão de cinco motos e vários outros objetos roubados.

Durante coletiva à imprensa na Central de Polícia de Campina Grande, a delegada Sileide Azevedo afirmou que as investigações vinham sendo realizadas há meses, porém intensificadas nos últimos dias em razão de uma série de denúncias sobre a ação delituosa do bando, na região. “Com base em informações e indícios, recorremos à Justiça, que de imediato expediu mandados, e desta forma conseguimos a captura dos principais acusados”, disse a autoridade policial.

A delegada da 11ª seccional, Renata Dias, ressaltou o empenho dos policiais em mais uma ação que visa devolver a tranquilidade à população da região, que tem reclamado a ação constante de bandos praticando todos os tipos de delitos. ”Além de praticar assaltos, eles roubam tudo que encontram”, afirmou.

Com o bando, preso em três residências, a Polícia apreendeu cinco motocicletas, peças de motos, utensílios domésticos, ferros de passar, ferramentas, celulares, aparelhos de som, ventiladores, materiais escolares e até geladeira, produtos de furto, inclusive em escolas.

Segundo a delegada Sileide Azevedo, as investigações terão prosseguimento, já que há suspeita de outros atos praticados pelo bando, que tem fortes ligações com grupos de Pernambuco, onde se procede a falsificação de documento de veículos roubados. A autoridade policial orienta as pessoas que foram vítimas a procurarem a delegacia para a identificação dos objetos furtados e, no caso de vítimas de assaltos, o reconhecimento dos acusados.

INTEGRALMÉDICA: Anvisa proíbe venda de suplemento proteico para atletas 'Super Whey'

Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), publicada nesta sexta-feira (25) no Diário Oficial da União, proíbe a distribuição e a comercialização, em todo o território nacional, do lote 003522 2, com vencimento em 04/2015, do produto Suplemento Proteico para Atletas sabor Baunilha, marca Super Whey 3W Integralmédica, fabricado por Integralmédica SA Agricultura e Pesquisa.
De acordo com o texto, um laudo emitido pelo Instituto Adolfo Lutz apresentou resultados insatisfatórios para ensaios de carboidratos. Foram detectadas quantidades de carboidratos superiores em mais de 20% em relação aos valores declarados no rótulo do produto.
Outra resolução da Anvisa, na mesma publicação, libera a importação, a distribuição e a comercialização dos lotes do produto Carnivor Bioengineered Beef Protein Isolate, sabores Chocolate, Vanilla Caramel, Fruit Punch, Strawberry, Chocolate Mint e Chocolate Pretzel, do lote 0297G3, fabricados por MuscleMeds e distribuídos por Nutrition Import Comércio Atacadista de Suplemento Ltda.
A Anvisa considerou a declaração da empresa fabricante, de que o produto, formulado para o Brasil, não contém as substâncias Glutamina alfa-cetoglutarato (GKC), Ornitina alfa-cetoglutarato (OKG), alfa-cetoisocaproato (KIC), desde julho de 2013, a partir do lote 0297G3. O produto também apresentou teores de B6 e B12 abaixo no nível de detecção.
O suplemento havia sido suspenso em fevereiro deste ano por apresentar teores de vitamina B12 e B6 acima da ingestão diária recomendada e conter as substâncias citadas acima, que não foram avaliadas quanto à segurança para consumo como alimentos.
Permanece proibida a importação, a distribuição e a comercialização dos lotes do produto anteriores ao lote 0297G3, fabricados antes de julho de 2013.
Também permanece proibida a distribuição e comercialização de todos os lotes do produto Carnivor Mass Beef Protein Gainer, fabricados por MuscleMeds Performance Technologies e distribuídos pela Nutrition Import Comércio Atacadista de Suplemento Ltda.

Cabo do 2º BPM e mais dois são presos com R$ 70 mil suspeitos de explodir banco em Livramento/PB

A Polícia Militar prendeu, no fim da tarde dessa sexta-feira (25), três suspeitos de explodir, durante a madrugada, o caixa eletrônico do Banco do Bradesco da cidade de Livramento, distante 130 km de Campina Grande. Erinaldo José da Silva, de 27 anos, Ricardo Pereira do Nascimento, 29, e o cabo da PM Clodeildo da Silva Moreira foram presos após um cerco realizado em um sítio localizado na Zona Rural do município.

Com eles foram apreendidas quatro pistolas, parte do dinheiro roubado, uma lata com mais de 60 grampos e uma alavanca de ferro – aparelhos utilizados para realizar a ação contra a agência bancária.

De acordo com o tenente José de Arimatea, a viatura realizava rondas na cidade quando recebeu a informação da Polícia Civil de que seis suspeitos de terem praticado o crime estavam acampados em um sítio da zona rural do município. “Com apoio das viaturas de Taparoá e Assunção, foi realizado um cerco a uma residência no local, onde já de início os policiais encontraram cédulas queimadas, grampos e restos de comida, conseguindo prender dentro da casa o policial militar envolvido e mais dois suspeitos. Um quarto acusado que estava com eles conseguiu fugir quando percebeu a chegada das guarnições policiais”, contou.

O oficial disse ainda que durante as buscas foram encontradas as armas, as ferramentas utilizadas no crime e mais de R$ 70 mil reais roubados do banco, que estavam enrolados em dois blusões.

O trio suspeito foi levado para a Delegacia da Polícia Civil na cidade e autuado por furto qualificado. A Polícia Militar vai abrir um procedimento apuratório contra o cabo envolvido no crime.

A identificação dos três foi divulgada pela Secretaria de Comunicação da Paraíba.


Ocorrências em bancos
A Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social constatou uma redução de 27% de ocorrências relativas a crimes patrimoniais envolvendo agências bancárias na Paraíba, durante o primeiro semestre deste ano. Os dados são do Núcleo de Análise Criminal e Estatística (Nace) da Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social (Seds) e apontam que de janeiro a junho deste ano foram 62 registros contra 85 do mesmo período do ano passado. Representantes do Banco do Brasil estiverem reunidos essa semana com o comando da Polícia Militar confirmando a redução, onde durante audiência revelaram que contra o referido banco a queda foi de mais de 50% (13 no primeiro semestre deste ano contra 27 do ano passado).

Jovem de 18 anos com processo por roubo é morto com dois tiros em Solânea/PB

Um jovem de 18 anos morreu ao ser alvejado com dois tiros na cidade de Solânea, no Agreste paraibano, a 130 km da Capital, por volta das 20h desta sexta-feira (25).

Segundo o Cabo Luiz, da Companhia de Polícia Militar do município, o jovem vitimado, morador das imediações de Santa Rita, na região metropolitana de João Pessoa, estava andando com a companheira dele na Rua Bela Vista, quando sofreu o atentado fatal.

“Ainda não sabemos quem foi o autor dos disparos, nem as motivações para o ato. O que pudemos levantar até agora é que o jovem assassinado tinha processo judicial aberto por roubo na cidade de Santa Rita”, disse o cabo.

No momento de nossa apuração sobre esta ocorrência, a PM aguardava a presença de agentes do Instituto de Polícia Científica para perícia no local e liberação do corpo para condução ao IML.

A companheira da vítima, que presenciou o crime, encontrava-se prestando depoimento na Delegacia de Polícia Civil de Solânea.